Rafael silencia sobre decisão do PT em não apoiá-lo

O deputado estadual licenciado e pré-candidato Rafael (PSB) não comentou a decisão da direção nacional do Partido dos Trabalhadores de não apoiá-lo na eleição municipal deste ano em Timon.

 

A decisão foi tomada na última segunda-feira (17) e teve 14 votos a favor e 5 contrários. Na ocasião, o partido também tomou decisões sobre apoios em outras cidades brasileiras. Pesou, no caso de Timon, o fato de o senador Weverton (PDT) articular a favor da principal concorrente do deputado, a prefeita Dinair Veloso (PDT).

 

A posição é bem diferente de semanas atrás, quando Rafael ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa para fazer um longo discurso dando como certo que a direção nacional embarcaria em sua campanha.

 

Apesar do silêncio, Rafael mantém uma publicação em sua rede social, onde aparece com o deputado estadual Zé Inácio (PT) e fala sobre o apoio que contava até então.

 

A deliberação da executiva nacional do PT vem dias após o lançamento da pré-candidatura, marcado por denúncias de pessoas que alegam terem sido levadas para o evento sem saber do que se tratava, com o intuito de encher o local e deixar imagens mais chamativas para as propagandas.

 

Um grande painel com uma montagem de fotos de Rafael e Lula também foi colocado no espaço, numa tentativa do parlamentar licenciado em colar sua imagem a do Presidente.

Deixe uma resposta