Procuradora da Mulher da ALEMA, Daniella silencia sobre tentativa de agressão em evento petista

Quando deveria usar da voz que possui, a deputada Daniella (PSB) optou pelo silêncio. 

Procuradora da Mulher da ALEMA e Coordenadora da Frente Parlamentar de Combate e Erradicação do Feminicídio, a parlamentar não se pronunciou sobre a tentativa de agressão sofrida pela educadora e militante petista Mary Ferreira por parte de Celso Borgneth, vice-prefeito licenciado de Balsas e presidente da MOB. 

O episódio de violência ocorreu no Encontro de Tática do PT, realizado no último fim de semana em um hotel da capital. As imagens do lamentável ocorrido correram e chocaram as redes sociais.

E quem deveria ser a primeira a repudiar tal atitude, calou-se. Com seu silêncio, a deputada Daniella diz muito.

Deixe uma resposta