Fábio Gentil desafia bom senso e causa vergonha alheia

A falta que faz um amigo foi sentida pelo prefeito de Caxias, Fábio Gentil, durante o esvaziado evento “O Maranhão Não Pode Parar” realizado na cidade, no último sábado (23).

Além de só contar com a presença da claque tradicional, formada pelos militantes de sempre e bajuladores de toda sorte, o encontro foi marcado, também, pela grotesca cena do gestor municipal “se jogando” para os braços daqueles que estavam posicionados justamente para impedi-lo de se esborrachar ao chão. 

Não bastasse o corte de cabelo e o bradar digno do cantor Frank Aguiar, ainda a falaciosa analogia de estar “no meio do povo” compõem o espetáculo audiovisual de vergonha alheia que viralizou nas redes sociais.

Mais preocupado com as eleições da filha e da namorada, Fábio Gentil vai desdenhando do povo caxiense a cada dia que passa, esquecendo-se de que terá a resposta popular quando sua sucessão no cargo executivo for pautada. 

Deixe uma resposta