Cidade maranhense figura entre as 30 mais violentas do país; São Luís é 14ª capital no ranking

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública, desenvolvido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgado nesta terça-feira (28), traz a preocupante informação de que o município de Junco do Maranhão figura entre os mais violentos do país.

A publicação, que se baseia em informações fornecidas pelas secretarias de segurança pública estaduais, pelas polícias civis, militares e federal, entre outras fontes oficiais da Segurança Pública e trata-se do mais amplo retrato da segurança pública brasileira, aponta o município da região do Gurupi na vigésima segunda posição entre as 30 cidades com as maiores taxas médias de Mortes Violentas Intencionais entre 2019 e 2021.

A taxa média de Junco do Maranhão chega a 107,4 mortes violentas, numa escala padrão de 100 mil habitantes. O pequeno município possui 4.334 habitantes.  

Quando se observa apenas as capitais, São Luís está posicionada no 14º lugar, com uma taxa média de 22,7 mortes violentas por 100 mil habitantes. A capital com o menor índice é a cidade de São Paulo, com taxa média de 7,7.

Esse é mais um retrato da insegurança que tomou conta do estado nos sete anos e três meses da gestão de Flávio Dino e Carlos Brandão.

Deixe uma resposta