Governo do Maranhão impulsiona publicação enganosa

Em um claro exemplo de mau uso da verba pública, o Governo do Maranhão impulsionou, nas redes sociais, uma publicação enganosa sobre o ferryboat José Humberto, centro de polêmica por conta de sua idade avançada e real estado de conservação maquiado com tinta fresca.

A embarcação é “vendida” como nova pela comunicação palaciana, muito embora tenha 35 anos de serviços prestados, navegando pelas águas dos rios amazonenses e paraenses, antes de aportar no Terminal da Ponta da Espera.

O ferry José Humberto possui, ainda, um histórico de acidentes e ocorrências marítimas que não pode ser descartado, uma vez que a embarcação servirá ao transporte de milhares de maranhenses oriundos da região da Baixada, que necessitam da travessia aquaviária para ter acesso facilitado à capital São Luís.

Cabe o questionamento de quanto do erário estadual foi comprometido para se difundir algo que é, no mínimo, uma inverdade.

Deixe uma resposta