Brandão some após anunciar entrega de 500 obras

Em entrevista ao quadro Bastidores, do “Bom Dia Mirante”, seis dias antes de se afastar do cargo e deixar o Maranhão como um ferry à deriva, o governador-tampão Carlos Brandão prometeu a entrega de exatas 500 obras até o final do mês de julho.

A declaração foi dada na manhã do dia 11 de maio. No dia 17 do mesmo mês, Brandão se afastou do cargo para realizar procedimento cirúrgico, cujo pós-operatório se estende até os dias de hoje.

Cabe uma correção à fala de Brandão: o prazo para entregas deste tipo vence em 31 de junho. A partir de 1º de julho, ele fica impedido pela Lei Eleitoral de realizar atividades do tipo, uma vez que entra em período vedado para aqueles que disputarão as eleições de outubro próximo.

E as tais obras? Aliás, e o governador?

Deixe uma resposta