Pesquisa realizada em Coelho Neto sob suspeita de pagamento com recursos públicos

Uma pesquisa eleitoral, amplamente divulgada na internet e em redes sociais nos últimos dias, que mostra suposta liderança de Carlos Brandão e Flávio Dino ao Governo e Senado, respectivamente, está sob suspeita de ter sido custeada com recursos oriundos dos cofres do município de Coelho Neto.

A pesquisa foi de responsabilidade da empresa MM Vieira Eireli, mais conhecida por seu Nome Fantasia: Escutec Inteligência, comandada pelo empresário Fernando Júnior.

Como mostra a documentação acima, a empresa MM Vieira Eireli foi contratada no ano passado, com dispensa de licitação, com o objetivo de “aferir as ações do governo municipal nas áreas de Educação, Saúde, Infraestrutura, Ações Sociais e de Lazer, objetivando avaliar expectativas da população quanto as ações e assuntos administrativos”. A cidade é comandada pelo prefeito Bruno Silva.

O valor de contratação da pesquisa, informado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), também apresenta similaridade ao valor informado na contratação anterior, cuja prestação de serviço nunca foi comprovada. No mínimo, curiosa essa relação.

Deixe uma resposta