Brandão volta à Turiaçu após humilhação e comete crime eleitoral

O retorno de Carlos Brandão (PSB) ao município de Turiaçu após a humilhação que fora submetido pelo prefeito Edesio Cavalcanti, quando teve de ouvir as duras críticas do gestor municipal a respeito dos sete anos e três meses de gestão da dupla que formava com Flávio Dino (PSB), teve de tudo: a claque de sempre, muitos aplausos e um crime eleitoral.

Durante efusivo discurso, festejado a cada palavra pela plateia de interessados diretos nos resultados eleitorais, o governador-tampão condicionou a realização de uma obra pública no município em troca de votação expressiva na localidade. A conduta é tipificada no código eleitoral, seu artigo de número 299, e pode render a Brandão até quatro anos de reclusão.

A promessa foi a de construir a ligação por estrada entre Turiaçu e Cândido Mendes, demanda antiga daqueles municípios do Alto Turi. 

Confira o vídeo:

Deixe uma resposta