Felipe Camarão distorce os fatos e poupa de críticas o verdadeiro “traíra”

Em inflamado discurso no município de Tuntum, no último sábado (6/8), Felipe Camarão (PT), candidato à vice-governador sub-júdice na chapa encabeçada por Carlos Brandão (PSB), cometeu um equívoco histórico ao apontar um suposto “traíra” – gíria popularmente utilizada para designar uma pessoa traidora e falsa, que não inspira confiança.

Ora, se há alguém que cometeu alguma traição na história recente, esse alguém foi o ex-governador Flávio Dino (PSB), que comanda um megalomaníaco e personalista projeto de poder, que tem no governador-tampão candidato à reeleição e no neopetista de direita suas marionetes, controladas e destinadas a seu bel-prazer. 

Basta olhar com atenção o passado e rememorar a célebre pensata de Leonel Brizola: 

Deixe uma resposta