Brandão sofre queda de 12 pontos entre pesquisas após ausência em debate

A ausência de Carlos Brandão (PSB) ao debate promovido pelo Sistema Difusora de Comunicação custou um tombo histórico em intervalo inferior a uma semana.

Colocando lado a lado a pesquisa Econométrica/O Imparcial, divulgada no último dia 17/08, e o levantamento publicizado na noite desta terça-feira (23/08) pela TV Mirante, feito pelo IPEC – antigo IBOPE -, se nota uma diferença de 12 pontos percentuais nas intenções de voto do governador-tampão candidato à reeleição.

Na pesquisa da semana passada, Brandão era apontado com 40,7% da preferência dos entrevistados naquele momento. O debate do Sistema Difusora ocorreu no dia seguinte à divulgação da Econométrica, em 18 de agosto.

O IPEC foi às ruas entre os dias 20 e 23 de agosto, apurando uma predileção de 28% dos entrevistados a Carlos Brandão, apontado como líder em ambos os levantamentos.

Logo, pode-se concluir que a fuga de Brandão aos debates, tônica que promete ser seguida, pode lhe custar à reeleição.

Veja os quadros comparativos:

Econométrica / O Imparcial – Nesta pesquisa, foram ouvidas 1.503 pessoas em 59 municípios do Maranhão, incluindo a capital São Luís, no período de 11 a 15 de agosto de 2022, com uma margem de erro de 2,5% para mais ou para menos, e confiabilidade de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE com o número MA-01087/2022.
TV Mirante / IPEC – A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o protocolo MA-06254/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-03233/2022.

Deixe uma resposta