Pacientes agonizam por falta de médicos no Socorrão II em São Luís

Os corredores superlotados continuam a ser um cenário comum no Hospital Municipal Clementino Moura, em São Luís. Quem necessita de atendimento médico passa por um verdadeiro purgatório, tendo que permanecer internado em macas, cadeiras ou até mesmo no chão.

Um paciente, com a perna direita fraturada após um acidente automobilístico na Estrada do Araçagy (MA-203), aguarda há uma semana por uma cirurgia que deveria ser realizada por um médico ortopedista.

Este é apenas um dos casos encontrados nas alas do Socorrão II, que sofre do mesmo caos que toda a rede de saúde pública municipal de São Luís.

Deixe uma resposta