Braide e SMTT silenciam diante de ameaça de nova greve dos rodoviários

O Sindicato dos Rodoviários divulgou nesta quinta-feira (05) que pode realizar uma paralisação de advertência no transporte coletivo urbano de São Luís e semiurbano da Grande Ilha, caso os representantes dos dois sistemas não negociem a volta dos cobradores aos ônibus.

Segundo a categoria, foi observada redução acentuada dos postos de cobradores nos coletivos. A Viação Estrela, por exemplo, teria somente 24 dos 111 veículos do sistema urbano com a vaga. A empresa atende linhas na área Itaqui-Bacanga.

A entidade divulgou dois ofícios encaminhados no último dia 3 de outubro à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de São Luís, comandada por Diego Rodrigues. Não houve, entretanto, retorno à solicitação de reunião entre as partes.

“Caso não recebamos uma resposta da SMTT e não seja agendada uma reunião para tratar dessas questões nos próximos dias, não teremos outra alternativa senão realizar uma paralisação de advertência no transporte público de São Luís”, divulgou o STTREMA.

Deixe uma resposta