Braide contrata shows nacionais enquanto trava aumento de servidores

Se, de um lado, o prefeito Eduardo Braide não tem dinheiro para pagar o aumento do funcionalismo público da capital, do outro está sobrando verba para pagar o cachê de artistas nacionais para apresentações na Praça Maria Aragão, em São Luís. Para este mês de junho, estão programadas as apresentações dos cantores Joelma, Luan Santana e Felipe Amorim. Somados, os cachês ultrapassam 1 milhão de reais.

Braide decidiu travar o reajuste salarial de 8,2% para os servidores públicos ludovicenses após a Câmara Municipal incluir no projeto remetido pelo Executivo categorias que haviam sido “esquecidas” pelo gestor. Cuidadores escolares e conselheiros tutelares, que não recebem atualizações em seus vencimentos há mais de uma década, foram deixados de lado pelo prefeito.

Com o texto alterado em mãos, Braide tentou reverter a narrativa e culpabilizar os vereadores pelo não pagamento do aumento a nenhum dos servidores da capital. Os valores reajustados deveriam ser repassados no contracheque desde o último mês de maio.

Agora, o prefeito bancará shows gratuitos ao público, na véspera do ano eleitoral, com a única finalidade de se promover em cima dos artistas de renome nacional, enquanto fazedores de cultura locais são relegados desde que a gestão atual ascendeu ao Palácio de La Ravardière.

Deixe uma resposta