Ruído entre Dino e Brandão reacende com São João

Novamente escancarando a fissura existente na relação entre os dois, o governador Carlos Brandão e o ministro Flávio Dino escolheram sequer respirar o mesmo ar em seus pontapés iniciais do período junino. Entre a quarta (07) e a quinta-feira (08), ambos fizeram questão de estar a quilômetros de distância um do outro.

Brandão prestigiou o badalado e mal falado São João da Thay. Como em anos anteriores, o evento privado com apoio público – o Governo do Maranhão é o principal patrocinador da festa – foi marcado por críticas de todos os lados. Fazedores de cultura e artistas locais se sentiram, novamente, deixados de lado em detrimento a celebridades nacionais que sequer são ligadas às festividades juninas.

O governador raiou o dia junto com o evento, que só se encerrou às sete da manhã do feriado de Corpus Christi. Um privilégio que nem todos os promotores de eventos de São Luís podem usufruir. Kiu!

Horas mais tarde, já na noite de quinta-feira (08), Flávio Dino preferiu abraçar a maranhensidade. O ministro se fez presente no arraial organizado pela senadora Ana Paula Lobato (PSB-MA) e pelo deputado estadual Othelino Neto (PCdoB).

Na “Festança da Gente”, Dino se esbaldou. Foi para o meio do povo, atacou de matraqueiro do Boi da Maioba e tietou Alcione. Um dia de folião, como no último Carnaval, onde virou meme nas redes sociais.

Com posturas diametralmente opostas e aparições públicas lado a lado somente quando estas são indispensáveis, Dino e Brandão distanciam-se a olhos vistos dia após dia e a oficialização da ruptura se torna mais evidente…

Deixe uma resposta