Roberto Rocha recebe manifestações de autoridades e entidades após morte de filho

Após a divulgação da morte de seu filho, Paulo Roberto Diniz Rocha, o senador Roberto Rocha (PTB) passou a receber condolências de políticos dos mais diferentes espectros e entidades representativas.

Paulinho, como era mais conhecido o filho do senador maranhense, faleceu nas primeiras horas desta quinta-feira (13/10), vítima de câncer, aos 31 anos de idade. Ele estava internado desde setembro no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde tratava a doença.

O governador Carlos Brandão (PSB) foi um dos que se manifestaram, desejando força e conforto à família e aos amigos.

Por meio de nota, o senador licenciado Weverton Rocha (PDT) fez estimas de força e paz à família de Paulo, em especial aos pais, esposa e irmãos.

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, fez a seguinte publicação:

Quem também se pronunciou foi o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão – ALEMA, Othelino Neto (PCdoB), desejando “que Deus dê a resignação necessária para que a família e os amigos consigam conviver com essa dor”.

Também prestaram condolências o deputado estadual eleito Fernando Braide (PSC) e o deputado federal reeleito Rubens Pereira Júnior (PT):

“Paulinho foi um homem de muita força e que nos ensinou bastante sobre a vontade de viver e o enfrentamento das adversidades da vida”, disse Fernando. “Desejo que o Senhor receba Paulo Roberto e conforte a família diante de tamanha perda”, se manifestou Rubens.

Entre as instituições que se manifestaram, a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) emitiu a nota abaixo:

Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento. O corpo de Paulo Roberto deve chegar à capital maranhense na madrugada desta sexta-feira (14/10).

Deixe uma resposta