Nem secretário-guru acreditava em vitória de Brandão

A eleição de Carlos Brandão em primeiro turno, no último domingo (02/10), surpreendeu até mesmo aqueles mais próximos a ele e sua campanha, como o “Pai Dinah”, “Pitbull das Laranjeiras” – ou outros apelidos menos decorosos que foram cunhados nos últimos dias -, Ricardo Cappelli.

O eterno militante de DCE passou toda a pré-campanha e a campanha vendendo um segundo turno entre Brandão e Lahesio Bonfim que, ao fim e ao cabo, só existiu na cabeça dele.

Numa vitória do uso e abuso da máquina pública, o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes “não deu nem pro cheiro”, tendo votação inferior a metade do percentual obtido pelo atual governador.

Para frustração de seu maior cabo eleitoral: o secretário de comunicação que curte seus últimos dias no Maranhão antes de rumar a Brasília, debaixo do sovaco de Flávio Dino.

Deixe uma resposta