Amanda Gentil se une a Wellington do Curso após baixas no PP

Com as retiradas das candidaturas do ex-prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar, e do empresário Fred Campos, a situação de Amanda Gentil (PP) na disputa à Câmara dos Deputados se complicou sobremaneira.

Somando a isso os escassos recursos destinados pelo partido comandado por André Fufuca (PP) à sua candidatura e a baixa adesão política, embora tenha o prefeito de uma das principais cidades maranhenses – por coincidência, seu pai – como maior cabo eleitoral, a filha de Fábio Gentil tem passado por maus bocados nesta campanha.

Fazer uma “dobradinha” – pedido de votos casados entre candidatos que disputam cargos diferentes – foi uma das saídas vislumbradas. Neste sentido, Amanda se juntou a Wellington do Curso (PSC), que disputa a reeleição ao cargo de deputado estadual, a despeito do parlamentar ser de outra coligação e ter postulante diferente do apoiado por sua legenda ao Governo do Maranhão.

Em material que circula na Grande Ilha de São Luís, há o pedido explícito de voto a Amanda Gentil federal e Wellington do Curso estadual.

A ver como fica a situação em casa, já que a namorada de Fábio Gentil também tenta renovar o mandato na Assembleia Legislativa do Maranhão.

E não cabe todo mundo no barco…

Deixe uma resposta