Mais um governador reduz ICMS enquanto Brandão segue fora da lei

O vizinho da esquerda, Pará, se juntou às outras unidades da federação que atenderam ao disposto na Lei Complementar nº 194 e fixou a alíquota máxima de 17% para o ICMS sobre combustíveis, energia elétrica, transportes e telecomunicações. 

Em anúncio nas redes sociais, o governador paraense, Helder Barbalho (MDB), conclamou a população a fiscalizar o cumprimento da medida, com consequente diminuição dos valores dobrados ao consumidor final em diversos serviços atrelados aos setores envolvidos.

Por ora, o governador-tampão do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), segue irredutível no descumprimento à medida, ficando cada vez mais isolado, segregando o estado perante os demais e solapando o povo maranhense com pesada carga tributária. 

Deixe uma resposta