MDB Maranhão encolhe para caber em ferry encalhado palaciano

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) do Maranhão realizou sua convenção para a disputa das eleições 2022 nesta quarta-feira (21). Com uma nominata que não enche os olhos, nem para os cargos de deputado federal, nem para estadual, a legenda de hoje não faz nem sombra à hegemonia de outrora. 

O principal cartaz com vistas a outubro é Roseana Sarney, mas, desta vez, em uma postulação à deputada federal – cargo que ocupou de 1990 a 1994. Para retornar à capital federal, abraçou-se ao “brandonismo”. Diz a quem quiser ouvir que votará em Carlos Brandão (PSB) ao Governo do Estado. Intensificou suas aparições públicas ao lado do governador-tampão e de homens de confiança do mesmo, como o vereador-secretário de Cultura, Paulo Victor (PCdoB).

Movimento contrário também foi observado: diversos “comunistas de carteirinha” foram tomar bênção ao Clã Sarney. Até mesmo Flávio Dino (PSB) levantou a bandeira branca. Todos, agora, se abraçam, com o único objetivo de se locupletar do poder. 

E essa é a toada do “novo” velho Maranhão…

Deixe uma resposta