Brandão sai de cena em momento de aguda crise institucional

O Maranhão está em colapso. Diversas áreas da esfera estadual estão apresentando fraturas expostas que comprometem a vida dos maranhenses. Estradas, pontes, ferries, caos na saúde pública, insegurança generalizada…

São tantas as bombas que a explosão mais significativa se deu na saúde do governador-tampão Carlos Brandão. Munido de atestado médico e autorização da Assembleia Legislativa, Brandão joga a “batata quente” no colo de um togado: o desembargador Paulo Sergio Velten Pereira.

Será ele, sem um voto sequer – além de seus pares, que o escolheram presidente do TJ-MA – que guiará os caminhos do Maranhão por tempo ainda incerto, já que o pós-operatório do governador se encontra em um invólucro misterioso.

Quem pôde, escapou enquanto era tempo. O ex-governador está nas nuvens, em ritmo de pré-campanha, bancado com dinheiro público. O presidente da ALEMA está renovando o bronzeado nas belas praias da América Central.

A Paulo Velten, os desejos de um governo resolutivo. A Carlos Brandão, estimas de pronta recuperação. Ao Maranhão, boa sorte.

Deixe uma resposta